Mais duas vitórias que vêm consolidar o direito à isenção do IRPF pela Cegueira, aos aposentados, pensionistas e militares da Reserva Remunerada e Reformados.

Em dois processos Administrativos perante da Receita Federal de SP demonstramos que a Lei do Imposto de Renda, reconhece a isenção do imposto pela Cegueira, e que Cegueira é termo médico genérico, que abrange vários tipos, dentre eles a Cegueira Parcial Ou Monocular.

De acordo com o CID 10 H54 se considera Cegueira:

Codigo

 DescricaoReferencias
H540 Cegueira, ambos os olhos  
H541 Cegueira em um olho e visão subnormal em outro  
     
H543 Perda não qualificada da visão em ambos os olhos  
H544 Cegueira em um olho  
     
H546 Perda não qualificada da visão em um olho  
H547 Perda não especificada da visão

 

Assim como a Lei não disse que tipo de Cegueira que ingressa na isenção, qualquer uma das Cegueiras gera o direito à isenção do IRPF, DESDE QUE, SEJA APOSENTADO OU PENSIONISTA, OU MILITAR DA RESERVA OU REFORMADO.

IMPORTANTE FRISAR QUE PARA TER O DIREITO À ISENÇÃO, NÃO PRECISA SER APOSENTADO POR INVALIDEZ, E QUE SE DOENÇA É ANTERIOR A APOSENTADORIA/RESERVA/REFORMA E PENSÃO, AINDA TEM DIREITO A RECEBER DE VOLTA O QUE PAGOU DO IMPOSTO, LIMITADO A 5 ANOS RETROATIVOS AO PEDIDO.

 

 

Dentro da lista de doenças que dão o direito à isenção do Imposto de Renda, para aposentados, está a chamada DOENÇA PROFISSIONAL OU MOLÉSTIA PROFISSIONAL, a qual é pouco conhecida, mas muitos podem possuí-las e nem sabem, e continuam pagando o imposto de renda indevidamente.

Nossa proposta neste é esclarecer o conceito de moléstia ou doença profissional e trazer alguns exemplos, além de demonstrar onde é possível encontra a lista com todas as doenças conhecidas e reconhecidas pelo Ministério do Trabalho do Brasil, como profissionais.

Leia mais...

Em tempos de crise financeira, em qual, aposentados e pensionistas, são os que mais sofrem, pois não tem tido o mesmo aumento que as despesas, assim devem ficar atentos ao direito da isenção do Imposto de Renda.

O IRPF é um dos impostos que mais pesam no bolso dos aposentados e pensionistas, especialmente, a aqueles que possuam doenças graves, cujo gasto com remédio e tratamento da saúde aumentam muito.

Leia mais...